Vamos conversar sobre puerpério

Quando a gente está cansada, estressada, sem dormir, com fome, com dor no corpo, é impossível ver beleza no momento que estamos passando. E o puerpério imediato, esses dias logo depois do parto, são exatamente assim. Muita novidade, inclusive no nosso corpo. Dá vontade de chorar, apesar daquele serzinho fofo. E a gente faz o que? Chora, claro!

Para quem está grávida, um conselho precioso: cuide de você. Aceite ser cuidada. Assim, você poderá cuidar melhor do bebê fofo que chegou. Coloque o bebê no sling, vai dar uma volta na rua. Vai fazer as unhas. Vá no CineMaterna! Faça uma massagem. Procure um grupo de pós parto (e descubra que você não está doida!).

parto.infoparto.info - mais de 60 links (textos e vídeos) com informação de qualidade sobre gestação, trabalho de parto, pós-parto e amamentação. Tudo em um só PDF. E o download é gratuito!

Ainda se fala muito pouco sobre o pós parto, a maioria (inclusive profissionais) carrega um discurso de “40 dias”. Mas precisamos falar, mostrar que o período não tem só 1 ano, muito menos 40 dias, e que tá tudo bem querer ou não receber visitas, chorar ou não, se sentir perdida ou super achada!

É preciso lembrar de continuar se cuidando, mesmo depois dos três meses, dos seis, dos nove, dos 12. O puerpério muda diversas vezes, mas o fim… Bom, eu espero que o fim realmente exista!

Puerpério no Papo de Mãe

No começo de dezembro de 2017, foi ao ar a edição do Programa Papo de Mãe que eu participei. É um programa de 15 minutos que passa na TV Cultura (segunda à sexta, 11h45 e 17h45). A conversa foi sobre o planejamento que fazemos antes e depois do parto – e como isso muitas vezes ainda não basta para atravessarmos o puerpério. Veja!

O curioso é lembrar que o convite para participar surgiu depois que eu reclamei (um bocado) da abordagem sobre puerpério que rolou em um programa…

Pois é. Em uma das edições, sobre “o corpo da mulher no pós parto”, ao invés de mostrar pra puérpera que ela não precisa ser a mãe margarina perfeita, o que foi feito?

“Preocupe-se com o corpo e a aparência. A recém mãe PRECISA estar bonita para receber visitas, PRECISA cuidar do seu corpo, PRECISA se preocupar com coisas bestas como usar ou não o pijama em casa”…

Não, não é isso que a mulher precisa no pós-parto: mais pressão e culpa pra mulher que tá lá sofrendo com os peitos machucados, sem reconhecer o seu corpo e cheia de dúvidas…

Minha bronca rendeu uma nova conversa sobre puerpério. Espero que estimule outras. Porque sempre tem alguém pra julgar. Parente, amigo, desconhecido, programa de TV. Não precisamos de mais dedos apontados. Precisamos de mais diálogo.

O Momento Papo de Mãe fica disponível no YouTube, acompanhe!

Quer conversar sobre o puerpério? Que tal pensar em um “plano de pós parto”? Se você está no puerpério, o choro é livre. Se você precisar de ajuda, vem pro Colo Materno.

 

Rina Noronha

Sou doula de parto e pós-parto, além de consultora em aleitamento materno. Também atuo com aromaterapia, massagem terapêutica para mulheres, organização de enxoval e quarto de bebê. Se quiser conversar, estou à disposição.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *